Equipe do Plano Diretor ouve população de Aldeia São João

Postado por: Jeremias Sobrinho Sobrinho

Como parte do processo de construção do Plano Diretor de Porto Murtinho, pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul -UFMS, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul -UEMS e a Universidade Católica Dom Bosco- UCDB realizaram, nesse dia 10 de dezembro, a Leitura com a Comunidade com a população da  Aldeia São João,  visando colher subsídios para o Projeto do Plano.  Dessa forma ficou garantida a participação efetiva dos cidadãos do territórios que compreende a grande reserva Kadiwéu, onde também foram ouvidos os moradores da Aldeia Alves de Barros há mais de 300 KM da sede do município.

Esse trabalho de campo teve a orientação do Professor Antônio Hilário Urquiza, a coordenação de campo da Antropóloga e Pesquisadora Jéssica Maciel de Souza, colaboração dos auxiliares de pesquisa e bolsistas do projeto os graduandos/ pós graduandos: Júlia Cavalheiro Montes, Karoline Magalhães Barbosa, Luiz Augusto Lucas da Silva  e Lívia Elena Cunha Laura. Lá foram aplicados 40 questionários preparados especialmente para essa população. O instrumento de coleta de dados foi elaborado, testado e validado previamente e se caracteriza apenas para os moradores das Aldeia Indígenas, em especial por estarem muito distantes da sede do município. O trabalho teve apoio ainda de bolsista vinculados a outros projetos coordenados pelo professor Hilário, Andréa Lúcia Canavarro Rodrigues.

Para garantir a mesma participação dos moradores da sede do município, a equipe das Universidades produziu uma versão eletrônica do questionário, que vem sendo respondido pelos cidadãos desde o dia 27 de novembro último. Até o dia 10 de dezembro quase 300 pessoas que moram na cidade responderam o questionário via eletrônica, opinando e colocando sua visão do município. O formulário continua à disposição da comunidade acessando o link abaixo:

https://forms.gle/NqATFSmMqv8kVMLPA

Ao clicar nesse link, de maneira rápida e com muita facilidade, o morador poderá expressar sua opinião sobre o município, colocando sua visão de como ele se encontra e, como deseja que ele seja projetado a organização para os próximos anos, levando em conta o seu iminente crescimento com a chegada dos Portos, da Rota Bioceânica e de outros empreendimentos. A meta é ter cerca de 400 pessoas respondendo as questões.

Sempre é importante registrar que todo esse esforço nasce da iniciativa do município de Porto Murtinho, por meio da Prefeitura Municipal, com apoio do Ministério do Desenvolvimento Regional  – MDR e Ministério das Relações Exteriores -MEX, sendo que  coordenação administrativa dos recursos repassados pelo MDR está a cargo da Fundação de Apoio a Pesquisa Ensino e Cultura – FAPEC, contratada pela  UFMS para esse trabalho.

Edição: Antonio José Angelo Motti , Coordenador de Campo do projeto.

Compartilhe:
Veja também